Entre latidos e regar uma vez por semana

Description

 

 

Em um mundo onde cada ser humano tinha algo para cuidar que o ligasse a sua alma gêmea, Donghae não ficou nada empolgado quando recebeu um cacto. Talvez ele só precisasse conhecer Eunhyuk com suas duas cachorras, que o ligavam a sua alma gêmea, para ter a empolgação que sempre sonhou em sua vida. 

Foreword

 

Donghae 

 

— Que seja um animal de estimação, que seja um animal de estimação, que seja um animal de estimação — murmurava sentado em cima da minha perna, com minhas mãos juntas para rezar. 

Meus olhos se abriram no mesmo momento em que ouvi a porta do meu quarto abrir e meus pais se sentarem ao meu lado, com aqueles sorrisos tão abertos. 

— Vai dar tudo certo, viu? Com certeza vai ter que cuidar de algo muito importante, assim como você. — Minha mãe deu um beijo em meu cabelo antes de passar suas mãos em meu ombro para tirar todo o meu nervosismo. 

Meu pai ficava a todo instante mudando de posição, parecendo mais ansioso que eu. Percebi também que ele olhava pelo canto do olho para o relógio em cima da minha escrivaninha, que marcava 11h59 em ponto. 

Dei uma última rezada básica antes de ouvir meu relógio fazendo um barulho, denunciando que deu meia-noite e eu estava oficialmente com 16 anos. 

Um cacto apareceu em cima da minha cama e todos no quarto ficaram em um silêncio absoluto. 

— Todo mundo está vendo um… um cacto, não sou só eu, né? — Tive que checar com meus pais para não pensar que era meu cérebro pregando peças em mim. 

— Sim — minha mãe disse baixinho, antes de dar um beijo em minha testa, tentando afastar a minha tristeza. 

 

No comments yet